Opinião • Postado em 03-05-2019

Isenção de imposto para compra de automóvel

Fábio de Oliveira

/

Você sabia que quase a metade dos brasileiros tem o direito a descontos com a isenção de impostos na compra de um carro 0 km? Prevista em lei, o benefício não se limita apenas a pessoas com deficiência, ao contrário do que muita gente pensa, mas a portadores de diversas doenças que causam algum tipo de limitação.

Tal benefício está previsto na Lei nº 10.690 de 16 de junho de 2003, que expandiu o número de patologias, as quais os portadores podem requerer o direito. Pelos requisitos elencados na legislação, aproximadamente 30 enfermidades podem ser encaixadas como passíveis do benefício.

Doenças como câncer, hepatite C, Parkinson, problemas graves de coluna, Diabetes, HIV Positivo e hemofílicos, Artodese, Escoliose, Artrite Reumatoide, Hérnia de Disco, Artrose, derrame, Bursite, Tendinite e LER (Lesão por Esforço Repetitivo), estão na lista das enfermidades contempladas com o benefício.

Portadores dessas limitações podem requerer a isenção de impostos como IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores).

A ideia dos legisladores foi a de garantir que estas pessoas consigam adquirir um automóvel a preços mais baixos, uma vez que a carga tributária dos veículos é bastante elevada em relação a outros países. Em termos práticos, isso significa para algumas dessas pessoas a garantia de um meio de locomoção para a realização de seus tratamentos.

A aquisição de veículos nestas condições deve obedecer algumas condições. A primeira delas é que o carro tenha uma potência abaixo do teto estabelecido e valor inferior a R$ 70 mil. O carro também não poderá ser transferido antes de dois anos, com exceção de que isso ocorra a pessoas que também possuam este direito. A não observância deste requisito fará com que todo o imposto que deixou de ser pago tenha que ser repassado.

Embora pareça um processo bastante complexo, a obtenção deste benefício é algo relativamente simples, com prazo médio de 30 dias para conclusão. O início deste procedimento se dá junto ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran), com a apresentação de um requerimento, que gerará a obrigação de uma perícia médica que atestará a enfermidade.

No que tange aos requerimentos destes impostos, o IPI e o IOF devem ser requeridos perante a Receita Federal do Brasil e, quanto aos demais, o pedido deverá ser realizado na Receita Estadual, do Estado de residência do requerente.

No total, mais de 100 milhões de brasileiros podem ter direito a comprar carro 0 km com isenção de impostos.

*Fábio de Oliveira é advogado, contador e mestre em ciências contábeis

Deixe seu comentário

O MT Mais Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais à terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluidos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido, valorize esse espaço democrático.
Agradecemos a participação!

Seja o primeiro a comentar essa postagem!