Opinião • Postado em 05-12-2018

Efeito Bolsonaro em período natalino

Gilson Nunes

/

O fim de ano é regado a muita sensibilidade emocional por parte das pessoas. É o momento das confraternizações, dos pedidos de perdão, de se reconciliar com o inimigo, e assim por diante. Tudo gira em torno do amor, afinal, todos querem estar felizes.

O Natal por si só já traz a sua mensagem de fé, que é o nascimento do menino Jesus, que, por sua vez, representa o renascimento para uma nova vida. E é aqui, nesse ponto, que o Brasil de amanhã entra. Em verdade, ele precisa renascer.

O ano que se aproxima está repleto de expectativas que não se sabe ainda se serão boas ou ruins para a sociedade brasileira. Sabe-se apenas que mudanças radicais serão impostas.

Uma das alterações sistêmicas na próxima gestão administrativa federal, será o combate à corrupção. Mas, se fosse somente isso, seria ótimo. Também haverá um tratamento diferenciado para o “declarado” bandido. O alarde é tão grande que os últimos acontecimentos, Brasil afora, me faz pensar que se trata de um efeito Bolsonaro, posto que o período natalino é um período especial, onde, não apenas o estado emocional das pessoas está mais debilitado, mas que, também, haverá uma maior circulação de dinheiro. Considerando que o bandido age com planejamento, é bem certo que ele deve estar pensando: “é preciso fazer “caixa” agora enquanto o homem, sem meias palavras, tome posse e comece a agir”. Se a postura do futuro presidente não mudar, o Brasil vai assistir e se aterrorizar com um embate extremo entre militares e bandidos, principalmente os estabelecidos nas favelas. Se vai haver injustiça quanto a inocentes serem alvo dessas ações, por outro lado, a ideia é acabar, ou, enfraquecer com as organizações criminosas. 

Seja lá como for, até que o povo brasileiro absorva ou se adapte ao novo sistema de gestão, haverá conformidades positivas dentro da sociedade, enquanto que, em termos políticos, haverá um degaste tão grande que, no final, não haverá vencido e nem vencedor, uma vez que outras questões importantes também estão na balança e precisam, urgentemente, de serem equilibradas, como é o caso da economia, para que o Brasil volte a crescer.  

Gilson Nunes é jornalista – gnunes01@yahoo.com.br

Deixe seu comentário

O MT Mais Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais à terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluidos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido, valorize esse espaço democrático.
Agradecemos a participação!

Seja o primeiro a comentar essa postagem!