POLÍTICA • Postado em 14-03-2019

Vereadores de Chapada dos Guimarães julgam pedido de cassação de prefeita Thelma de Oliveira

Aline Brito

Da redaçaõ

/ Reprodução

Os vereadores do município de Chapada dos Guimarães (65 km de Cuiabá) decidem nesta quinta-feira (14), se vão aceitar ou não o pedido de cassação da prefeita da, Thelma de Oliveira (PSDB).

Ela é acusada de não ter apresentado a prestação e previsão de contas da prefeitura. Além disso, teria feito a compra de palmeiras imperiais para ornamentar a cidade, mas essa mudas nunca foram plantadas.

A defesa da prefeita alega que as plantas foram devolvidas para a empresa fornecedora porque estavam morrendo ao serem plantadas e que uma medida administrativa foi tomada pela prefeitura, para analisar esse caso.

A votação estava prevista para acontecer nessa quarta-feira (13), mas não aconteceu. Depois de quatro horas de leitura do processo, a sessão foi suspensa por causa do horário e retomada nesta quinta-feira.

Para a prefeita ser cassada, são necessários 2/3 dos votos, ou seja oito dos onze. Caso contrário, ela será absolvida e mantida no cargo.

Durante a sessão, os vereadores votaram pela leitura do processo. Como houve empate, o voto do presidente decidiu pela leitura. O relatório possui 500 páginas.

Deixe seu comentário

O MT Mais Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais à terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluidos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido, valorize esse espaço democrático.
Agradecemos a participação!

Seja o primeiro a comentar essa postagem!