POLÍTICA • Postado em 05-12-2018

Prefeito anuncia procurador municipal no comando da Secretaria de Saúde

Patricia Xavier

Da redação

/ Luiz Alves/Secom-Cuiabá

O procurador municipal Luiz Antônio Possas de Carvalho irá ocupar a vaga de Huark Correia na Secretaria de Saúde de Cuiabá, acumulando também a Procuradoria Geral do Município. O anuncio da mudança na Pasta foi feito na manhã desta quarta-feira (5), pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

“Possas irá fazer uma ação imediata na Secretaria Municipal de Saúde tendo autonomia para rever contratos, fazer o levantamento dos servidores - junto ao RH - fortalecer as relações com o órgão de controle interno e externo – dando mais transparência –, ampliar a relação harmônica e respeitosa com o Ministério Público, acelerar os procedimentos já iniciados, dentre eles a entrega, este mês, do Novo Pronto Socorro de Cuiabá - que é a obra mais importante dos últimos tempos na nossa cidade”, afirmou o prefeito em nota. 

O ex-secretário foi desligado nesta quarta-feira (5) após pedido de demissão. Huark Correia é alvo da Operação Sangria, da Policia Civil, que investiga esquema envolvendo médicos e empresas em contratos de prestação de serviços médicos hospitalares, firmados com o município de Cuiabá e o estado de Mato Grosso. 

Ainda por meio de nota, Pinheiro ressalta que o novo secretário terá missão de fazer um balanço dos dois anos da gestão, projetar os próximos anos e "concluir o nosso grandioso projeto que é a quebra de paradigmas na saúde, apresentando um modelo inédito de gestão que tenho certeza, será o início de um novo ciclo", disse.

Formado em Direto pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em 1982, Luiz Antonio Possas de Carvalho é profissional liberal há 37 anos. Cuiabano, Luiz tem grande militância no ramo do Direito Público e uma  vasta atuação em várias Prefeituras do estado.

"Tenho certeza de que, assim como na Procuradoria, Luiz Antônio Possas de Carvalho realizará um excelente trabalho neste tempo em que estiver à frente da Saúde cuiabana", finalizou Emanuel Pinheiro.

 

 

 

Deixe seu comentário

O MT Mais Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais à terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluidos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido, valorize esse espaço democrático.
Agradecemos a participação!

Seja o primeiro a comentar essa postagem!