POLÍTICA • Postado em 11-01-2019

Medeiros cobra pagamento do FEX em reunião com ministros

Assessoria

/ Divulgação assessoria

Em reunião com os ministros Onix Lorenzoni (Casa Civil) e Gustavo Bebianno (Secretaria Geral da Presidência), no início desta semana, o senador José Medeiros (Podemos) cobrou o pagamento de R$ 400 milhões do Auxílio Financeiro de Fomento às Exportações (FEX) para Mato Grosso.

Medeiros, que coordena a bancada federal de Mato Grosso no Congresso Nacional, fez um relato da situação financeira do estado e a urgência na liberação dos recursos para amenizar o impacto da crise, principalmente no pagamento do salário dos servidores públicos estaduais.

“É inadmissível que todos os anos a novela do FEX se repita. Coloquei a situação para os ministros, que se mostram sensíveis em resolver o problema. Na próxima semana, pretendo me reunir com o presidente Jair Bolsonaro para expor a situação do estado e cobrar prioridade na liberação do fundo”, disse Medeiros. Ele destacou ainda, o empenho dos parlamentares para a liberação do recurso no final do ano passado. “Pressionamos para que o FEX fosse liberado dentro do prazo, que era 31 de dezembro. Infelizmente, não foi possível. O governo federal não se mostrou sensível em resolver o problema”.

O parlamentar também garantiu ao governador Mauro Mendes empenho da bancada federal em ajudar o estado a sair da crise e retomar os investimentos que tanto a população mato-grossense almeja. “A bancada ajudando o governador Mauro Mendes destravar algumas questões em Brasília, como a liberação de FEX e os outros recursos. Nós vamos atuar para aproximar o governo de Mato Grosso do presidente Bolsonaro”.

O senador lembra que o pagamento do FEX não é uma “esmola” que a União dá aos estados. “O fundo foi criado para compensar financeiramente os estados exportadores depois que a Lei Kandir isentou a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de produtos destinados à exportação. Mato Grosso é o estado que tem a maior participação na distribuição dos recursos do FEX. Por isso, não podemos ficar de pires nas mãos implorando por um direto nosso”, destaca o coordenador da bancada.

No encontro com os ministros, Medeiros discutiu também a importância do governo federal ajudar Mato Grosso a resolver um dos seus principais gargalos, que é a infraestrutura. O parlamentar pediu o compromisso do governo Bolsonaro para destravar as obras da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO) e da duplicação da BR-163.

Deixe seu comentário

O MT Mais Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais à terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluidos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido, valorize esse espaço democrático.
Agradecemos a participação!

Seja o primeiro a comentar essa postagem!