POLÍTICA • Postado em 21-12-2018

Governo libera verbas para o novo Pronto Socorro de Cuiabá e Santa Casa

Da redação

/ Divulgação assessoria

A última parcela dos R$ 100 milhões comprometidos pelo Governo Federal para as obras e aquisição de equipamentos do novo Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá, na ordem de R$ 30 milhões, e ainda mais R$ 16 milhões para custeio da Santa Casa de Misericórdia de Cuiabá, foram liberados pelo Ministério da Saúde. A informação foi dada na última quinta-feira, 20, pelo ministro da pasta, Gilberto Occhi, ao senador Wellington Fagundes (PR-MT). Ao todo, serão R$ 46 milhões.

“São recursos fundamentais para que a saúde pública na Capital funcione e melhore o atendimento da população, especialmente a mais carente” – disse o senador, em pronunciamento no plenário do Senado.  Com certeza, terminamos o ano com essas importantes conquistas”

Fagundes agradeceu o apoio do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, no trabalho que desenvolveu para garantir os R$ 100 milhões em forma de recurso especial para o novo Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá. O empreendimento foi incluído no programa “Chave de Ouro” do Governo Federal, que listou 18 obras prioritárias a serem entregues ao final da gestão do presidente Michel Temer.

Ele lembrou que foram inúmeras audiências e reuniões no Ministério da Saúde, com equipe técnica, com a presença do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, e integrantes da Secretaria Municipal de Saúde, para garantir os recursos. O processo envolveu, inclusive, ações legislativas, com a votação de Projeto de Lei que permitiu a transferência orçamentária entre ministérios.

Wellington enfatizou que a estruturação da saúde pública em Cuiabá é estratégica, já que a Capital atende não só pacientes do Sistema Único de Saúde de Mato Grosso, mas também boa parte da população de Rondônia e também da Bolívia. Por isso mesmo, desde o começo do mandato de senador, tem procurado investir em ações políticas que resultem na liberação de recursos para o setor. Ele lembrou que a bancada do Estado tem priorizado recursos nessa direção.

“Quero aproveitar para parabenizar o prefeito Emanuel Pinheiro, porque ele até mudou a sede da Prefeitura para dentro da construção do Hospital e Pronto-Socorro de Cuiabá, para acompanhar de perto o andamento dos trabalhos. Vamos ter agora a conclusão do empreendimento, já com os equipamentos. Tudo pronto para atender a população” - disse.

Na questão da Santa Casa de Misericórdia, o republicano comemorou a liberação dos R$ 16 milhões, dos quais, R$ 12,4 milhões referem-se a emenda que havia apresentado ao Orçamento da União.  

De acordo com o médico Antônio Prezza, diretor-presidente da Unidade de Saúde, os R$ 12 milhões chegam em momento crucial, pois permitirá que a Santa Casa liquide o passivo de dívidas, que inclui também o pagamento de salários atrasados de funcionários e médicos. “Temos procurado atuar de todas as formas para buscar os recursos para as Santa Casa, que são unidades fundamentais e de grande valia no sistema de atendimento à população” – salientou.

Deixe seu comentário

O MT Mais Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais à terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluidos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido, valorize esse espaço democrático.
Agradecemos a participação!

Seja o primeiro a comentar essa postagem!