POLÍTICA • Postado em 12-04-2019

Ex-jogador Washington 'Coração Valente' assume secretaria na área de esporte do governo Bolsonaro

G1

/ Fernanda Calgaro, G1

O ex-jogador de futebol Washington "Coração Valente" foi nomeado nesta sexta-feira (12) no governo federal como secretário nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis).

Washington ganhou o apelido após ter passado por uma cirurgia no coração durante a carreira de jogador. O cargo que ele vai ocupar é vinculado ao Ministério da Cidadania, dentro da Secretaria Especial do Esporte, o antigo Ministério do Esporte.

A nomeação de Washington foi publicada na edição desta sexta do “Diário Oficial da União”.

Entre novembro e janeiro, Washington exerceu mandato de deputado federal pelo Rio Grande do Sul. Pelo PDT, ele ficou entre os suplentes da bancada gaúcha na eleição de 2014 e assumiu o mandato quando o atual ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, se licenciou da Câmara dos Deputados para comandar a equipe de transição de Bolsonaro.

Em entrevista ao site da Secretaria Especial do Esporte, o ex-jogador afirmou que considera "importantes" as ações de educação e inclusão social por meio do esporte.

"Além do esporte e do lazer, a Snelis envolve duas coisas importantes, que são a área educacional e a inclusão social. São duas ferramentas muito importantes principalmente na formação do cidadão", disse.

Atleta profissional

Washington Stecanela Cerqueira ganhou nos gramados o apelido de “Coração Valente”. Campeão brasileiro pelo Fluminense em 2010, com passagem pela seleção brasileira, Washington também teve boas temporadas com as camisas de Ponte Preta, São Paulo e Athletico-PR.

Centroavante, o ex-jogador foi duas vezes artilheiro do campeonato brasileiro, em 2008 e 2004. Na primeira oportunidade, ele marcou 34 gols, maior número de gols de uma edição do campeonato na era de pontos corridos, iniciada em 2003.

Washington encerrou a carreira em 2011, após 17 anos como atleta profissional. Ele voltou a morar em Caxias do Sul, sede do Caxias, primeiro clube pelo qual se destacou.

Em 2012, Washington foi eleito vereador na cidade gaúcha, onde também foi secretário municipal. Tentou se eleger deputado federal em 2014, mas ficou como suplente.

Os planos políticos já tinham ficado no passado do artilheiro, que em 2018 treinou o Itabaiana (SE) na Série D do Brasileirão.

Deixe seu comentário

O MT Mais Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais à terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluidos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido, valorize esse espaço democrático.
Agradecemos a participação!

Seja o primeiro a comentar essa postagem!