POLÍTICA • Postado em 13-08-2019

Deputados retomam atividades na AL depois de recesso coletivo

Assessoria

/ JLSiqueira/ALMT

Com o retorno às atividades legislativas em plenário, quatro projetos de lei devem movimentar os debates na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) neste segundo semestre. Entre eles, considerado mais polêmico, está o PL 668/2019, que trata da cota zero da pesca nos rios mato-grossenses para os próximos cinco anos.

Entre outras propostas importantes que serão debatidas no Parlamento, estão o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias 580/2019, mais conhecido como PLDO 2020.

Outro projeto é o Plano Plurianual (PPA), previsto para ser entregue à Casa de Leis até o final de agosto, e ainda o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA 2020), previsto para ser encaminhado até o final de setembro.

Confira abaixo o que está programado na agenda para esta semana da ALMT:

Terça-feira (13)

A equipe econômica do governo do estado vai apresentar um relatório da evolução das metas físicas das áreas de infraestrutura, cidades, educação e segurança referente ao 1º semestre de 2019. A audiência pública, que começa às 9 horas – no auditório Milton Figueiredo – foi solicitada pela Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária.

Já às 14 hpras,  na sala 202, a reunião é com os deputados que compõem a Comissão de Agropecuária, Desenvolvimento Florestal e Agrário e Regularização Fundiária. 

Às 17 horas, de acordo com o regimento interno, tem reinício dos trabalhos legislativos em plenário.

Quarta-feira (14)

Às 8 horas, está previsto o início da sessão ordinária, no Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour.

Às 9 horas, tem reunião da Câmara Setorial Temática que está discutindo estratégia da agronomia e da engenharia civil voltada ao crescimento sustentável de Mato Grosso. A reunião será na sala 201, Deputado Oscar Soares. Vale lembrar que a CST foi sugerida pelo deputado Sebastião Rezende (PSC).

Às 14 horas, tem reunião de duas comissões permanentes. A da Comissão Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Recursos Minerais será na sala Deputado Oscar Soares,  201. A reunião da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social está marcada para a sala Deputada Sarita Baracat, 202.

Já às 16 horas, é a vez de os deputados da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público estarem reunidos. A deliberação das matérias será na sala Deputado Oscar Soares, 201.

Às 17 horas, os deputados voltam as discussões para mais uma reunião ordinária da semana.

Quinta-feira (15)

Às 8 horas, está previsto o início da sessão ordinária, no Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour.

Os 40 anos de baixa da 1ª Turma da 13ª Brigada de Infantaria Motorizada de Cuiabá serão comemorados pela Assembleia Legislativa. Durante a sessão especial, solicitada pelo deputado Lúdio Cabral (PT), serão entregues moções de aplausos. As homenagens estão marcadas para começar às 19 horas, no Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour.

Sexta-feira (16)

Em Rondonópolis, o deputado Thiago Silva (MDB) realiza audiência pública para debater a agricultura familiar na região sul mato-grossense. Os debates sobre o assunto estão marcados para começar às 8 horas, no Centro Multiuso dos Trabalhadores Rurais Joaquim Ramalho, no bairro Monte Líbano.  

O deputado Dr. Eugênio (PSB) vai homenagear 39 pessoas que contribuíram e ainda contribuem com o desenvolvimento e o crescimento de Mato Grosso. Durante sessão especial, o parlamentar vai entregar 34 títulos de cidadão e cinco moções de louvor. As homenagens estão previstas para começar às 19 horas, no Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour.

A agenda de atividades do Parlamento pode ser alterada durante a semana.

Deixe seu comentário

O MT Mais Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais à terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluidos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido, valorize esse espaço democrático.
Agradecemos a participação!

Seja o primeiro a comentar essa postagem!