ECONOMIA • Postado em 06-02-2019

Produtores de MT tem até o dia 15 de fevereiro para cadastrar as propriedades de soja

Assessoria

Famato

/

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) alerta os agricultores sobre o prazo final para a realização do cadastro das propriedades com plantio de soja em Mato Grosso. A Instrução Normativa Conjunta Sedec/Indea-MT nº 002/2015, de 29 de setembro de 2015, prevê que o cadastro das propriedades com plantio de soja deverá ser realizado anualmente logo após o término do plantio da lavoura, não podendo ultrapassar o dia 15 de fevereiro. 

O cadastro ou atualização do cadastro é online e pode ser feito por meio do Sistema de Defesa Vegetal do Estado de Mato Grosso (Sisdev), pelo endereço eletrônico http://vegetal.indea.mt.gov.br/SISDEV/

A analista de agricultura da Famato, Karine Machado, explica que o produtor deve, obrigatoriamente, informar todos os dados solicitados no cadastro e as coordenadas geográficas da sede da propriedade rural. O produtor deverá fornecer o croqui da lavoura com as coordenadas geográficas dos talhões sempre que for solicitado pela fiscalização do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT). 

A analista reforça que o cadastro é importante para garantir a segurança sanitária no campo. Segundo Karine, a colaboração do produtor rural é fundamental para que a Defesa Sanitária Vegetal consiga acessar as áreas com lavouras de soja no estado e, com isso, fazer o acompanhamento devido do período obrigatório do vazio sanitário.  

“A orientação da Famato é para que os produtores rurais de Mato Grosso não deixem o cadastro para última hora”, alertou Karine Machado.    

Deixe seu comentário

O MT Mais Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais à terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluidos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido, valorize esse espaço democrático.
Agradecemos a participação!

Seja o primeiro a comentar essa postagem!