CIDADES • Postado em 19-04-2019

Semob garante ordenamento do trânsito durante procissões na Sexta-Feira da Paixão

Assessoria

/ Marcos Bergamasco

Equipes da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) garantirão a segurança e a ordem no trânsito para centenas de fiéis nesta sexta-feira (19), quando é celebrada a Paixão de Cristo. Ao longo do dia, os agentes atenderão as solicitações de oito procissões por diferentes pontos da Capital.

O trabalho será realizado por cerca de 40 profissionais, com auxilio de viaturas e motocicletas. De acordo com o diretor de Trânsito da Pasta, Michel Diniz, as vias serão fechadas pouco antes do início dos cortejos, sendo liberadas à medida que os fiéis forem passando.

Os bloqueios começam às 4h50 na Paróquia Nossa Senhora Mãe dos Homens, Praça Santos Dumont, no bairro Quilombo. No mesmo horário outro grupo acompanha a cerimônia no Santuário Eucarístico Nossa Senhora do Bom Despacho, Avenida General Melo, em frente a Santa Casa de Misericórdia, região central.

Às 14h30 começa o bloqueio na Rua E-5, para o cortejo da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, no bairro Tijucal -Setor 4. Para a procissão da Paróquia Divino Espírito Santo, no bairro CPA II, a Rua Jornalista Amaro de Figueiredo Falcão também será fechada às 16h30.

Na mesma hora, haverá interdições pela Avenida Getúlio Vargas, para o cortejo da Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus de Cuiabá. Às 16h50 começa o bloqueio na Avenida XV de Novembro, para a procissão da Paróquia São Gonçalo. Neste horário, agentes voltam à Paróquia Nossa Senhora Mãe dos Homens, que repete o evento.

Para a procissão da Paroquia São João Bosco, na Avenida Jornalista Alves de Oliveira, no Cidade Alta, os bloqueios também acontecem às 16h50.

Deixe seu comentário

O MT Mais Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais à terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluidos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido, valorize esse espaço democrático.
Agradecemos a participação!

Seja o primeiro a comentar essa postagem!