CIDADES • Postado em 24-08-2018

Polícia prende seis e evita assalto a banco em Diamantino

Da redação

/ Divulgação PJC-MT

Seis pessoas foram presas pela Polícia Militar de que planejavam furtar uma agência do Banco do Brasil, no município de Diamantino (186 km de Cuiabá).

A polícia conseguiu evitar o assalto após receber uma denuncia anônima no mesmo momento em eu registrava um boletim de ocorrência contra Edilson Garcia de Oliveira, de 18 anos, preso com sete porções de maconha, sendo três grandes e quatro médias. As prisões aconteceram no último dia 22, mas a polícia só divulgou nesta sexta-feira (24).

Conforme a testemunha, ela teria ouvido Edilson conversando com o chefe da quadrilha, conhecido como Hulk, e que este estaria em um Fiat Strada cinza.

Os policiais verificaram o aparelho celular de Edislon e constatou que o mesmo recebeu diversas ligações do tal Hulk. Diante das informações a polícia passou a realizar rondas pela cidade localizando uma Pickup Estrada com quatro suspeitos, em um bar na saída de Diamantino. Hulk tem passagem por furto a agência bancária e envolvimento recente a roubo de armas de policiais civis no Norte de Mato Grosso e continua foragido da justiça.

Na abordagem aos suspeitos, um quinto indivíduo de nome Daniel Ferreira de Oliveira, de 26 anos, se identificou como segurança do Banco do Brasil e estaria conversando com o suspeito Rafael Rodrigues da Silva, de 21 anos. 

Daniel escondia duas porções de pasta base e um celular dentro do seu coturno e informou que seria primo de Rafael, o qual estaria ficando em sua casa.

Daniel e Rafael disseram que estavam na casa de Daniel, sendo que Rafael estaria na cidade há três dias. Mas a informação foi contestada pelos demais comparsas, Sidney Mamede Arantes, de 50 anos, Guilherme Viana Chaves, de 26 anos, Israel de Lima Brito, de 29 anos, que alegavam que Rafael teria vindo com eles de Cuiabá. No veículo havia um comprovante de pedágio de que teriam ido de Cuiabá.

Todos foram algemados e encaminhados para a Delegacia de Polícia de Diamantino. Rafael Rodrigues da Silva possui um mandado de prisão da Comarca de Sonora, Mato Grosso do Sul, por furto a banco. Nesse mesmo mandado de prisão consta o nome Hulk, também conhecido pela prática de furto a banco e que há dias roubou algumas armas dos policiais civis da Região Norte de Mato Grosso. Israel de Lima Brito também possui passagem criminal por roubo, crimes contra a ordem pública, quadrilha ou bando.

Em continuidade a ocorrência, foi localizada uma grande quantidade de entorpecentes na casa do segurança do Banco do Brasil e um caderno com a contabilidade da venda da droga a diversos traficantes da cidade, uma balança de precisão e R$ 755,00 em notas trocadas.

Todo o material foi apreendido, inclusive os vários celulares que estavam em poder dos suspeitos. Um dos aparelhos pode ter informações das ações criminosas, pois todos os presos alegaram não ser o dono.

 

 

Deixe seu comentário

O MT Mais Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais à terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluidos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido, valorize esse espaço democrático.
Agradecemos a participação!

Seja o primeiro a comentar essa postagem!