CIDADES • Postado em 19-03-2019

Polícia prende homem com objetos roubados de empresa em VG

Assessoria

/ PJC-MT

Grande parte dos objetos roubados de uma empresa em Várzea Grande, durante um assalto a mão armada ocorrido na sexta-feira (15.03), foram recuperados pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos do município (Derf-VG), da Polícia Judiciária Civil, no final da tarde de segunda-feira (18).

Clodinei Sabastião Morais Rodrigues, 36, conhecido como “Baby”, foi flagrado em posse de cerca de 80% dos bens subtraídos do comércio e foi autuado em flagrante pelos crimes de receptação e associação criminosa.

Segundo as investigações da Derf-VG, o crime foi praticado por uma associação criminosa composta de 5 integrantes, que em poder de armas de fogo e mediante gravíssima ameaça subtraíram vários objetos da empresa “JR Equipamentos”, além da caminhonete Chevrolet S-10 do proprietário do estabelecimento.

Assim que foi notificada do assalto, a equipe da Derf-VG iniciou as diligências para identificar e prender os autores do crime e no domingo (17), Kewerson Barros de Figueiredo, 24, o “Cabeça”, foi preso em flagrante pela participação no assalto. Na casa do suspeito, foi apreendida um aparelho de TV roubado da empresa.

Em continuidade ao trabalho investigativo, os investigadores da especializada receberam uma denúncia de que o suspeito, conhecido como “Baby”, estava comercializando os objetos roubados da empresa, em sua residência no bairro Jardim Panorama, em Várzea Grande.

Em diligências no endereço, os policiais encontraram grande parte dos equipamentos roubados do comércio, os quais foram reconhecidos pelo proprietário do estabelecimento. Diante da situação, o suspeito foi conduzido a Derf-VG, onde foi interrogado pelo delegado Afonso Monteiro da Silva Júnior e autuado em flagrante pelos crimes de receptação e associação criminosa.

De acordo com o delegado, a prisão do suspeito é de extrema relevancia nas investigações, uma vez que é em decorrência da receptação que as associações criminosas são incentivadas a praticarem crimes contra o patrimônio como roubos e furtos.

“Os receptadores têm papel fundamental na empreitada delituosa, uma vez que são responsáveis por agilizar a venda quase instantânea dos objetos roubados, criando um círculo maléfico e danoso a sociedade, em especial aos empresários que pagam impostos e contribuem para o Estado”, destacou Afonso.

O roubo

O roubo aconteceu na tarde de sexta-feira (15), na empresa JR manutenção, na região Central de Várzea Grande. Na ocasião, dois criminosos armados entraram no estabelecimento e renderam as vítimas. Em seguida outros dois suspeitos entraram na empresa para auxiliar o roubo dos objetos e equipamentos eletrônicos, que foram transportados na caminhonete Chevrolet S-10 da vítima.

O grupo criminoso contaria ainda com um quinto integrante que teria levado seus comparsas até o alvo da ação criminosa, em um veículo Honda Civic. A caminhonete da vítima foi abandonada pelos suspeitos e localizada pouco após o crime pela Guarda Municipal de Várzea Grande.

Deixe seu comentário

O MT Mais Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais à terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluidos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido, valorize esse espaço democrático.
Agradecemos a participação!

Seja o primeiro a comentar essa postagem!