CIDADES • Postado em 13-06-2019

Motociclista morre após ser atingido por motorista bêbado na BR-364

Aline Brito

Da redação

/ Divulgação PRF-MT

Um motociclista identificado T.R.C., 21 anos, morreu no começo da manhã desta quinta-feira (13), após ser atropelado por um motorista bêbado, no KM 193 da BR-364, em Rondonópolis (212 km de Cuaibá).
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima seguia de Pedra Preta (241 km da Capital) em direção a Rondonópolis, por volta das 06h, conduzindo uma motocicleta Honda CG 160. O motorista, que estava num Nissan Sentra, teria perdido o controle da direção no momento em que tentava fazer uma manobra de ultrapassagem em local proibido e invadido a pista contrária,  quando bateu de frente contra o motociclista, que devido à força do impacto, não resistiu aos ferimentos e morreu na hora.

O condutor do carro, identificado por A. O., aparentando não estar psicologicamente bem, foi submetido ao teste do bafômetro, que registrou 0,18 mg/L, índice bem acima do permitido por lei, que é de 0,04 mg/L. Ele foi preso e encaminhado à 1ª Delegacia de Polícia Civil de Rondonópolis e vai responder pelo crime de homicídio culposo.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica, (Politec) foi acionada para fazer perícia no local do acidente e ajudar nas investigações.

O corpo da vítima foi encaminhado ao instituto Médico Legal (IML) onde vai passar por exames de necropsia e posteriormente liberado para família.

Deixe seu comentário

O MT Mais Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais à terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluidos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido, valorize esse espaço democrático.
Agradecemos a participação!

Seja o primeiro a comentar essa postagem!