CIDADES • Postado em 05-12-2018

Consultório odontológico é interditado por falta de condições sanitárias

Assessoria

/ Assessoria

Uma ação conjunta entre o Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT), a Polícia Militar e a Vigilância Sanitária interditou um consultório odontológico na região central do município de Rondonópolis (219 km de Cuiabá).

Administrado por um cirurgião-dentista, o local de trabalho foi considerado inadequado por falta de condições sanitárias básicas – fator que levou à interdição do espaço.

“Antes da fiscalização, imaginávamos até que poderia ser o caso de um falso dentista (sem formação). Mas, durante a abordagem, foi constatado que o profissional mantem inclusive a inscrição no Conselho, com uma anuidade em atraso. O maior problema foi que o consultório não estava em condições de funcionamento”, destacou o conselheiro e delegado regional, Rodrigo Hartmann.

Fruto de uma ação conjunta que integra a autarquia regional, a vistoria aconteceu na manhã do dia 29 de novembro e considerou o consultório odontológico inapropriado para o atendimento à população.

Deixe seu comentário

O MT Mais Notícias não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais à terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluidos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido, valorize esse espaço democrático.
Agradecemos a participação!

Seja o primeiro a comentar essa postagem!